Biografia

ABBA foi um famoso grupo sueco de , e . Venderam cerca de 380/400 milhões de discos, sendo a 2ª maior banda em vendas e o 4º maior artista no geral. Formado em 1972 em Estocolmo, Suécia pelos músicos e compositores Björn Ulvaeus e Benny Andersson, e as vocalistas Agnetha Fältskog e Anni-Frid Lyngstad (Frida), foi o grupo sueco de maior sucesso mundial, dominando as principais paradas musicais entre a 2ª metade da década de 1970 e o início da de 1980. Ficaram muito conhecidos pelo visual moderno e divertido e por suas músicas que sempre se mantinham nas primeiras posições, tendo seus números nas paradas Top Ten. Mantiveram singles por 160 semanas no Reino Unido, até o fim de 1979.

Em Janeiro de 2010, na abertura do ABBAWorld em Londres, o ABBA foi mostrado como tendo aproximadamente 375 milhões de álbuns vendidos no mundo inteiro, segundo a Polar Music e Universal Records. E o musical com musicas do grupo “Mamma Mia!” já foi visto por mais de 35 milhões de espectadores em todo o mundo e atualmente encontra-se em exibição permanente em mais de dez cidades; entre elas Las Vegas, Tóquio, Hamburgo, Londres, Dublin, Nova Iorque, Toronto, Bucareste e Seul. ABBA se tornou a banda pop que mais discos vendeu na indústria fonográfica, e mesmo sendo inativa desde 1983vendem mais de 3 milhões de discos por ano.

O nome da banda é um acrônimo formado pelas primeiras letras do nome de cada um dos integrantes (apesar de ser também uma marca de arenque enlatado que existia na Suécia). De 1973 em diante, o primeiro B no logo da banda passou a ser escrito invertido em todos os materiais promocionais relacionados.

Benny Andersson era membro da banda sueca de pop/rock Hep Stars, muito popular na Suécia durante os anos 1960 - com direito a um enorme séquito de fãs, especialmente entre as adolescentes. Enquanto isso, Björn Ulvaeus era o líder de uma banda skiffle chamada Hootenanny Singers. Depois de se cruzarem algumas vezes em estúdios e concertos, Benny e Björn decidiram tentar compor juntos. Uma das canções compostas, “Isn’t It Easy To Say”, tornou-se um hit para os Hep Stars, fazendo com que Björn participasse em alguns dos concertos. Chegou a ser sugerido que as duas bandas se fundissem, mas nunca aconteceu.

Stig Anderson, empresário e produtor dos Hootenanny Singers e fundador da Polar Music, acreditou que Benny e Björn teriam um maior potencial se trabalhassem juntos e encorajou-os a compor mais canções. Foi produzido o álbum Lycka (“Felicidade”), lançado pela mesma Polar Music.

Agnetha Fältskog era a integrante mais jovem dos ABBA e um fenómeno por si só, tendo composto e interpretado sucessos suecos ainda na adolescência, além de ter feito o papel de Maria Madalena na montagem local de Jesus Christ Superstar. Compondo, gravando sucessos e fazendo turnês pela Suécia, inevitavelmente acabaria por se encontrar com os Hootenanny Singers numa das suas viagens, e apaixonou-se por Björn. O casamento dos dois, em 1971, foi considerado o casamento do ano na Suécia.

Já Anni-Frid Frida Lyngstad era uma cantora que decidiu participar numa competição de talentos, vencendo o torneio. Na época, a Suécia estava a mudar a direcção do trânsito do lado esquerdo para o direito e foram transmitidos uma série de concertos para que as pessoas ficassem em casa e não enfrentassem as estradas na noite da mudança. Convidada para se apresentar na TV com sua canção, a sua carreira musical decolou. Pouco tempo depois, conheceria Benny Andersson e começariam uma relação. Benny convidou-a para cantar com Agnetha no álbum Lycka (mas as duas cantoras não foram creditadas).

No começo dos anos 1970, apesar de estarem casados, Björn e Agnetha tinham carreiras musicais separadas. Mas Stig era ambicioso e estava determinado a entrar no mercado internacional, algo a que artistas suecos até então não estavam acostumados. Em 1972 ele encorajou Björn e Benny a comporem a canção “Say It With A Song”, que conquistou o terceiro lugar no Festival Eurovisão da Canção na voz de Lena Anderson. O sucesso dessa canção em vários países, porém, convenceu o produtor Stig Anderson de que estavam no caminho certo.

Björn e Benny continuaram a compor e fizeram algumas experiências com novos tipos de som e arranjos vocais, que chegou a alcançar algum sucesso no Japão. Uma das canções que eles escreveram foi “People Need Love”, com vocais das mulheres que agora tinham muito mais destaque do que anteriormente. Todos os envolvidos se entusiasmaram com o novo som e Stig lançou a canção como um single, creditado a Björn & Benny, Agnetha & Anni-Frid. O disco alcançou a décima-sétima posição nas paradas suecas, o suficiente para convencer a todos de que eles alcançariam alguma coisa.

No ano seguinte eles decidiram tentar de novo o Festival Eurovisão da Canção, agora com a canção “Ring Ring”. O trabalho no estúdio foi conduzido por Michael B. Tretow, que experimentou novas técnicas de produção e deu origem a um som totalmente novo para o ABBA. Stig providenciou que Neil Sedaka e Phil Cody traduzissem a letra para o inglês, e eles estavam confiantes de que seria um ganhador certeiro - mas, mais uma vez, terceiro lugar. Apesar disso, o pseudo-grupo lançou um álbum chamado Ring Ring, ainda com a estranha denominação Björn, Benny, Agnetha & Frida. O disco vendeu bem, e o compacto de “Ring Ring” foi um hit em diversas partes da Europa - mas Stig acreditava que o verdadeiro sucesso só poderia vir com um hit nos Estados Unidos ou na Inglaterra. Por essa época, Stig - cansado de nomes estranhos - também já havia começado a se referir ao grupo simplesmente como ABBA.

Em 1974, novamente eles participaram do Festival Eurovisão da Canção - agora inspirados pelo glam rock que crescia na Inglaterra. “Waterloo” era uma faixa assumidamente glam, produzida por Michael B. Tretow com os mesmos aparatos. Bem mais experientes, eles agora estavam melhor preparados para o concurso e tinham em mãos um álbum completo (e já lançado) quando o concerto aconteceu em Brighton, na Inglaterra. A canção fez com que pela primeira vez os britânicos parassem para prestar atenção no grupo.

“Waterloo” foi a primeira canção do ABBA a alcançar o primeiro lugar na Inglaterra (também foi lançada nos Estados Unidos, chegando à sexta posição). Mas a empolgação do momento não se manteve, e os compactos seguintes “So Long” e “Honey Honey” não se saíram tão bem. Somente com o lançamento do segundo álbum, ABBA, e o compacto “SOS” o grupo mostraria os primeiros sinais de que estavam destinados a mais sucesso. “SOS” firmou de vez o ABBA nas paradas inglesas, onde a canção ficou entre as dez mais - e desvinculou o grupo da imagem de banda de um único sucesso.

Mas o sucesso maior viria em 1975, com praticamente todos compactos entrando nas paradas, situação que ficou ainda melhor quando “Mamma Mia” chegou ao primeiro lugar na Inglaterra, em janeiro de 1976. Nesse meio tempo, a banda lançou o álbum Greatest Hits, apesar de só possuir cinco canções entre as quarenta mais tocadas nas paradas da Inglaterra e dos Estados Unidos. O disco incluía “Fernando” (uma versão anterior havia sido gravada em sueco por Anni-Frid, em 1975, no álbum solo Frida Ensam), exceto nas versões suecas e australianas da compilação. Na Suécia, a canção teria que esperar até o lançamento de The Singles - The First Ten Years, em 1982, para surgir cantada em inglês e creditada ao ABBA. Na Austrália, a faixa foi incluída na versão local do álbum Arrival, de 1976.

O novo álbum, por sinal, representou um novo nível de complexidade e comprometimento tanto nas composições quanto no trabalho realizado em estúdio pelo ABBA. De Arrival, surgiram vários sucessos, um após o outro, como “Money, Money, Money”, “Knowing Me, Knowing You” e “Dancing Queen”, o sucesso mais duradouro e conhecido mundialmente. Na época do lançamento, o ABBA já era extremamente popular na Inglaterra, em boa parte da Europa e também na Austrália (que, de certa maneira, quase adotou o ABBA), mas ainda era pouco reconhecido e tocado nos Estados Unidos. “Dancing Queen” foi o único sucesso do ABBA a atingir a primeira posição nas paradas daquele país.

Em 1977, o novo disco ABBA: The Album foi lançado para coincidir com o lançamento de ABBA: The Movie, um registro da turnê australiana do grupo. O álbum foi recebido pelos críticos um pouco mais friamente, mas mesmo assim deu origem a vários sucessos, incluindo “The Name Of The Game” e “Take A Chance On Me”, que atingiram o topo das paradas na Inglaterra. The Album também trazia a conhecida “Thank You For The Music”, que em 1983 seria lançada como compacto na Inglaterra, além de ter sido lado B de Eagle nos lugares onde esta última foi lançada como compacto.

Em 1978, o ABBA já gozava da fama de super astros. Naquele ano, o grupo lançou um compacto isolado, “Summer Night City”, contendo a última canção deles a alcançar o primeiro lugar na Suécia. O compacto chegou próximo do topo nas paradas inglesas, mas deixou o terreno preparado para a jogada disco do ABBA com o lançamento de Voulez-Vous, na primavera de 1979. Este álbum marcou uma leve diminuição da popularidade do grupo na Inglaterra e na Europa, mas trouxe a eles mais atenção por parte dos Estados Unidos. Mesmo assim, os sucessos que alcançaram as paradas foram vários, incluindo “Chiquitita”, “Does Your Mother Know”, “Voulez-Vous” e “I Have A Dream”. Ainda naquele mesmo ano, o grupo lançou uma nova coletânea de sucessos, Greatest Hits Vol. 2, que trazia uma faixa exclusiva - “Gimme! Gimme! Gimme! (A Man After Midnight)”, uma canção do grupo no estilo disco. Ainda em 1979, o ABBA faria uma turnê pelos Estados Unidos e pelo Canadá, tocando para públicos colossais, com enorme sucesso - mas talvez um pouco tarde demais.

O lançamento de 1980, Super Trouper, trouxe e apresentou ao público uma grande mudança no estilo do ABBA, com uma presença maior de sintetizadores e letras mais pessoais. O álbum bateu um recorde na Inglaterra em relação à pré-venda. Mais de um milhão de cópias haviam sido reservadas antes mesmo do lançamento. A expectativa havia sido originada por “The Winner Takes It All”, o oitavo número um do grupo na Inglaterra (o primeiro desde 1978). Também ajudou para isso a letra da canção, escrita por Björn e fortemente inspirada na separação dele e de Agnetha. Pela primeira vez uma canção do ABBA falava de um assunto tão particular e também apresentava um clima de melancolia tanto na letra quanto na canção.

O compacto seguinte do disco Super Trouper também chegou ao primeiro lugar. Outra faixa do álbum, “Lay All Your Love On Me”, foi lançada em 1981 como compacto de 12” somente em alguns lugares e, assim como Super Trouper, chegou ao topo das paradas estado-unidenses. Uma coletânea de sucessos cantada em espanhol foi gravada também nesta época. “Gracias Por La Musica” inclusive vendeu muito bem na América Latina.

O último álbum de estúdio do ABBA, The Visitors, de 1981, mostrava uma maturidade maior nas composições e também uma seriedade maior nos temas tratados, apesar da qualidade musical permanecer a mesma. Além da faixa título “The Visitors”, que citava comunismo na União Soviética, as canções falavam sobre envelhecer, perda da inocência, um pai que observa seu filho crescer e outros assuntos semelhantes. As melodias e os arranjos ainda eram contagiantes, mas a mudança de estilo se refletiu numa queda nas vendas. O último compacto de grande sucesso mundial foi “One Of Us”, que explodiu em dezembro de 1981.

Embora a imagem do grupo nessa época fosse a de uma banda em declínio, o ABBA ainda atraia grandes multidões, principalmente na Europa, e até poderia ter seguido em frente se não fosse a tragédia pessoal da banda. Agora os dois casais estavam divorciados, situação que se refletia em canções como “The Winner Takes It All” e “One Of Us”.

No verão de 1982 os integrantes da banda se reuniram para gravar um novo álbum, mas acabaram se decidindo pelo lançamento de um álbum duplo com todos os sucessos. Foram incluídas apenas duas novas canções, “Under Attack” e “The Day Before You Came”, a última canção gravada em conjunto pelo ABBA.

O disco duplo The Singles: The First Ten Years chegou ao primeiro lugar nas paradas de discos inglesa e também foi um sucesso mundial. Outras duas faixas foram gravadas no mesmo ano, “I Am The City” e “Just Like That”. Apesar das gravações terem sido finalizadas, somente “I Am The City” foi lançada comercialmente, em uma coletânea de 1993. E apesar dos insistentes pedidos dos fãs, Björn e Benny ainda não se decidiram a lançar “Just Like That”.

À medida em que os integrantes começaram a buscar novos projetos, o grupo foi gradualmente se afastando definitivamente. Benny e Björn colaboraram com Tim Rice na composição do musical Chess. Agnetha e Frida partiram para carreiras-solo.

Frida casou-se em 1992 com o príncipe da Suíça Ruzzo Reuss, que morreu de câncer em 1999. Mora na Suíça, e em 2004 gravou um compacto com Jon Lord chamado “The Sun Will Shine Again”. Agnetha casou-se com um cirurgião sueco em 1990, mas a união durou apenas dois anos. Atualmente mora em uma ilha em Estocolmo. Em 2004 lançou o novo álbum My Coloring Book. Björn casou-se com Lena Kallersjö em 1981, e com ela teve duas filhas: Ana e Emma. Atualmente trabalha com Benny no musical Mamma Mia! e mora em Londres. Benny é casado com Mona, e com ela teve Ludvig. Também mora em Londres.

Em 2000 o grupo recebeu uma proposta de um bilhão de dólares para reunir-se novamente. Björn em uma entrevista declarou que eles não voltariam nem que o valor fosse dobrado. Ele acha que os fãs ficariam decepcionados com uma volta do ABBA. Diz que “Nós amadurecemos, temos vidas diferentes e tornamo-nos grandes amigos”. Em finais de outubro de 2005, durante a comemoração do 50º Festival Eurovisão da Canção, realizada em Copenhague, Dinamarca, a canção “Waterloo” foi considerada a melhor de todas pelos espectadores europeus, entre mais de mil canções. Além disso, a cantora pop Madonna sampleou Gimme! Gimme! Gimme! no primeiro single do seu disco Confessions on a Dance Floor, Hung Up, em novembro do mesmo ano.

Em 2008 é lançado “Mamma Mia!”, filme estrelado por Meryl Streep, com Pierce Brosnan e Amanda Seyfried, entre outros artistas talentosos. O filme é um musical que narra a história de Sophie (Amanda Seyfried) que está prestes a se casar e não sabe ainda quem é seu pai. O filme conta com músicas do ABBA, do começo ao fim, ótimo para relembrar os bons tempos.

Editado por TheDuff_x3 em Mai 3 2012, 20h37

Fontes (ver histórico)

Wikipédia

Todos os textos enviados pelos usuários nesta página estão disponíveis sob a licença Creative Commons Attribution/Share-Alike.
Os textos também estão disponíveis sob a Licença de documentação livre GNU.

Ficha do artista

Gerado a partir de fatos marcados na wiki.

Formada em
  • 1972
Separou-se em
  • 1983
Fundada em
  • Estocolmo, Suécia

Você está vendo a versão 22. Veja versões mais antigas, ou discuta esta wiki.

Você também pode ver uma lista de todas as alterações recentes na wiki.