Biografia

Simple Plan é uma banda de punk rock canadense formada em Montreal em 1999. Alcançou sucesso em 2002 com a edição do álbum “No Pads, No Helmets… Just Balls”.

A história da banda começa em meados dos anos 90 quando o vocalista Pierre Bouvier e o baterista Chuck Comeau, ambos então com 13 anos, fundaram o Reset, uma banda de punk rock. Apesar de a banda ter digressões e de abrir shows de bandas como Face to Face, MxPx, Ten Foot Pole por todo o Canadá, Chuck e um outro membro da banda achavam que isso não era suficiente e decidiram desistir antes de terminar o segundo álbum. Depois disso o Reset conseguiu lançar seu segundo álbum. Mas, a certa altura, Pierre começou a achar que a banda não iria crescer mais e também decidiu desistir.

Entretanto, Chuck tinha desistido da Universidade e formado uma nova banda com os amigos de escola Jeff Stinco e Sébastien Lefebvre. Este novo grupo andava a procura de um vocalista e viu muitos candidatos até que, um dia, por coincidência, Chuck encontrou Pierre em um show do Sugar Ray e propôs-lhe entrar na banda. Na altura Pierre hesitou um pouco porque estava farto daquele mundo, mas concordou em ir vê-los ensaiar. Enfim, Pierre aceitou entrar na banda.

Depois de Pierre ter se juntado, a banda começou a trabalhar no seu som e a dar vários shows na sua terra natal, mas achavam que faltava alguma coisa. Eles acharam que o Pierre estava muito preso no palco pelo fato de, além de cantar, também tocar baixo. Foi então que entrou um novo vocalista/baixista no Reset. O substituto de Pierre era nada mais nada menos que David Desrosiers e eles ficaram tão impressionados que decidiram pedir-lhe para se juntar a eles. David aceitou depois de muita insistência dos já integrantes de Simple Plan e assim estava formada a banda.

Agora, com a banda completa, os cinco rapazes começaram a gravar demos e a enviá-los para editoras, mas estas recusavam-nos constantemente. A grande oportunidade surgiu quando descobriram que o presidente da Lava Records, ia a Montreal ouvir uma outra banda local. O Simple Plan não perdeu esta chance e alugaram um bar e conseguiram desviar o presidente para ver a sua atuação e não a da outra banda. Este ficou impressionado e decidiu contratá-los. Começou aí uma história de sucesso.

Pouco depois a banda começou a trabalhar no seu álbum de estréia: “No Pads, No Helmets… Just Balls” que saiu na primavera de 2002. No entanto, o álbum não teve o sucesso desejado, e o single “I’m Just A Kid” não agradou muito. Mas eles não desanimaram e lançaram um segundo single, “I’d Do Anything” com a ajuda de Mark Hoppus do blink-182. A música fez o maior sucesso, seguida de “Addicted” e “Perfect”. O topo desse sucesso foi a marca do disco “No Pads, No Helmets… Just Balls” que vendeu quase 3 milhões de cópias pelo mundo inteiro.

Depois de passarem o verão de 2004 em estúdio, a banda lançou “Still Not Getting Any…” em Outubro de 2004. O álbum teve um sucesso imediato por todo o mundo — vendeu aproximadamente 5 milhões de cópias — fazendo com que o álbum tivesse ainda mais sucesso do que o primeiro.

Durante toda a sua carreira, a banda veio ao Brasil por três vezes. A primeira foi em Setembro de 2005, com o primeiro show no dia do aniversário de 26 anos de Chuck e o segundo no dia seguinte durante o São Paulo MIX Festival. Nessa primeira vinda a banda se apresentou em diversos programas de televisão, tais como: Gordo Freak Show (MTV), Patrulha Nick (Nickelodeon) e até mesmo no Programa do Jô, na Rede Globo.

Após quase dois anos da primeira vinda da banda ao Brasil, o Simple Plan voltou a pisar no solo brasileiro no dia 18 de Janeiro de 2007, onde, no mesmo dia, fizeram uma apresentação para os confinados do Big Brother Brasil 7 (BBB). No dia 19 do mesmo mês fizeram um show no Claro Hall no Rio de Janeiro, logo em seguida partindo para São Paulo, onde foi a última apresentação da banda durante essa vinda na Arena Skol, no Anhembi.

Após 3 anos sem atualizações, a banda entrou em estúdio e lançou seu 3° álbum, em 12 de Fevereiro de 2008, intitulado como “Simple Plan”. O nome, segundo os integrantes significa a auto-afirmação deles como banda, já que apresenta uma mudança considerável de ritmo. Com a colaboração de Danja e DJ Lethal, o álbum nos traz coisas novas, mas a essência é a mesma, dizem eles.

Um pouco antes do lançamento do álbum auto-intitulado, a banda voltou ao Brasil para fazer somente uma apresentação. Após um ano exato da sua última vinda, o Simple Plan fez um show acústico para a rádio MIX de São Paulo somente para 400 convidados, onde 200 sortudos conseguiram ganhar o convite através de promoções na rádio e no site da MIX e esses sortudos levaram cada um mais um acompanhante.

Em 2009, Simple Plan voltou novamente ao Brasil com uma turnê fantástica que passou em 7 cidades: Porto Alegre, Curitiba, Recife, Goiânia, São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte. A maioria das músicas presentes nos shows vinha do último álbum da banda, o “Simple Plan”.

Após voltar para o Canadá, a banda fez mais alguns shows e, então começou a trabalhar ativamente em seu novo CD, “Get Your Heart On!”, com revelações de nomes e novidades. Dois demos feitos para o novo álbum chegaram a “vazar” na rede - “Famous For Nothing” e “Just Around The Corner”, mas logo foi confirmado nos Twitters oficiais da banda de que não são faixas do novo álbum. Entretanto, logo pediram a ajuda dos fãs para criar uma faixa histórica, chamada “This Song Saved My Life”, com relatos reais de pessoas que passaram por dificuldades, mas se sentiram confortáveis graças às canções do Simple Plan. A banda inclusive convidou diversos fãs para a gravação da música, em um estúdio em Vancouver.

O quarto álbum foi lançado em 21 de Junho de 2011. “Jet Lag”, um dos destaques, ganhou duas versões: em inglês, com Natasha Bedingfield; e em francês, com a cantora quebequense Marie Mai. Antes da estreia do álbum, a banda fez um show em Montréal para um público relativamente pequeno e tocou todas as novas músicas. No mesmo show, Chuck revelou para um fã a vinda de Simple Plan para o Brasil ainda em 2011, como parte da turnê “Get Your Heart On!”. Jeff também contou em uma entrevista para o Simple Plan Brazil como esperava voltar ao Brasil no final de 2011. Dito e feito: a banda realizou apresentações no dia 13 de Novembro em Porto Alegre, e no dia 14 de Novembro no festival SWU.

Em outubro de 2012 a banda fez uma nova turnê pela América do Sul, e no Brasil passou por Fortaleza dia 13, Salvador dia 14, Brasília dia 16, Rio de Janeiro dia 17 e por fim São Paulo no dia 18 de outubro.

Integrantes
Pierre Bouvier (Vocalista) - Twitter: @pierrebouvier
Jeff Stinco (Guitarrista) - Twitter: @jeffstinco
Sebastien Lefebvre (Guitarrista e Backing Vocal) - Twitter: @seblefebvre
David Desrosiers (Baixista e Backing Vocal) - Twitter: @daviddesrosiers
Chuck Comeau (Baterista) - Twitter: @chuckcomeau

Editado por paullorodriigo em Dez 26 2012, 2h46

Todos os textos enviados pelos usuários nesta página estão disponíveis sob a licença Creative Commons Attribution/Share-Alike.
Os textos também estão disponíveis sob a Licença de documentação livre GNU.

Ficha do artista

Gerado a partir de fatos marcados na wiki.

Formada em
  • 1999
Fundada em
  • Montreal

Você está vendo a versão 44. Veja versões mais antigas, ou discuta esta wiki.

Você também pode ver uma lista de todas as alterações recentes na wiki.